Em 1979, Michael e George Harrison se encontraram em uma rara entrevista na BBC

BBC Radio 1: Michael e George conversam tranquilamente sobre música.

Em 1979, Michael Jackson e George Harrison fizeram uma participação especial no Roundtable da BBC. No encontro, os dois artistas discutiram sobre o sucesso dos Beatles e sobre as respectivas carreiras. As informações são do site Express UK. Em um momento da entrevista, o Rei do Pop indagou o então integrante do Fab Four sobre as composições das músicas deles: “Vocês sempre escreverem as próprias coisas desde o começo?”.

Harrison respondeu: “Bem, John [Lennon] e Paul [McCartney] escreviam desde antes de gravarmos qualquer coisa”.

Michael Jackson não satisfeito ainda questionou como eles “conseguiam manter isso” e George enfatizou – e brincou -: “Eu não sei. Eles eram companheiros pequenos inteligentes”.

No entanto, em outro momento, o ex-Beatles disse: “Para dizer a verdade, não faço ideia do que é um sucesso e o que não é um sucesso hoje em dia.” O comentário soa curioso, já que o artista criou hits como “What Is Life” e “All things Must Pass”.

Na entrevista, os dois também compartilharam a admiração que tinham pelos ícones do rock Little Richard e Buddy Holly.

Confira o áudio em inglês: https://www.youtube.com/watch?v=WoFUFUV8vRA.

Fonte: RollingStone

Michael nas Olimpíadas de Inverno em Pequim

Recentemente na competição por equipes da patinação artística das Olimpíadas de Inverno Pequim 2022, as duplas precisaram apresentar a temática de “dança de rua”. Com isso, os competidores utilizaram grandes hits da história da música.

A dupla italiana, Charlene Guignard e Marco Fabbri, optou por Michael Jackson e dançaram a caráter um super medley do Rei do Pop na pista de gelo olímpica.

Confira a excelente performance, no link abaixo:

https://ge.globo.com/olimpiadas-de-inverno/video/dupla-da-italia-se-apresenta-na-patinacao-artistica-com-sucessos-de-michael-jackson-10269876.ghtml

Fonte: GE

Michael Jackson redefiniu o show do intervalo do Super Bowl

Rose Bowl, 31 de janeiro de 1993

Após anos de queda de audiência durante o intervalo do Super Bowl, a NFL, liga nacional de futebol americano, precisou tomar uma atitude para a edição de 1993.

Coube a Michael Jackson, o maior astro da época, a missão.

E foi histórico! Tão impactante que ele reinventou a atração e moldou o formato para sempre.

Michael apresentou um pocket show da turnê “Dangerous” que estava na estrada e a sua apresentação teve mais audiência do que a própria partida entre o Dallas Cowboys e Buffalo Bills, com pico de 93 milhões de espectadores.

Teve um pouco de tudo: truque de mágica, pirotecnia, moonwalk e emoção com todo o estádio fazendo um mosaico, além de um coral de crianças em “We Are The World”. Realmente espetacular.

Sempre nessa época do ano, essa performance revolucionária de Michael é lembrada como o marco inicial do evento e frequentemente citado como o maior show do intervalo de todos os tempos – apesar de todo avanço tecnológico a favor dos shows mais recentes.

Setlist:

  1. Jam
  2. Black Or White
  3. Billie Jean
  4. We Are The World (coral infantil)
  5. Heal The World

Relembre o show: