O icônico álbum “Thriller” completa 38 anos

”Thriller” foi lançado em 30 de novembro de 1982.

O disco mais vendido da história, com mais de 110 milhões de cópias, completa hoje 38 anos de lançamento e se estabeleceu como uma obra-prima da música popular, aclamado por crítica e público. No Brasil, foi lançado alguns dias depois, em 3 de dezembro.

Inovador, o álbum mesclou vários gêneros musicais, quebrou barreiras raciais (rádio e TV), e através da extraordinária visão e criatividade de Michael, apresentou pela primeira vez videoclipes como verdadeiros curta-metragens: associando definitivamente, a imagem e as suas coreografias à música.

“Thriller” tem apenas 9 canções, porém teve incríveis 7 singles de sucesso (4 composições próprias): “The Girl is Mine” (dueto con Paul McCartney), “Billie Jean”, “Beat It” (com Eddie Van Halen), “Thriller”, “Human Nature”, “P.Y.T.” e “Wanna Be Startin’ Somethin’”.

Em 1983, ao participar do especial de TV “Motown 25”, executou pela primeira vez o passe de dança “Moonwalk” durante a apresentação de “Billie Jean”. O revolucionário movimento de dança consiste numa ilusão de ótica, onde o dançarino parece flutuar numa caminhada para traz.

Em 1984, o astro bateu o recorde do Grammy Awards, ao vencer em 8 categorias, incluindo álbum e música do ano.

Relembre “Thriller” no Spotify:

Michael Jackson foi destaque nesse Halloween

Thriller, 1983

Como era de se esperar, Michael Jackson foi o destaque do Halloween, resultado do investimento feito pelo astro ao tema “terror” durante a sua carreira.

A música “Thriller”, do álbum homônimo, foi o hit do Halloween. Segundo o portal Terra, o “single” voltou a figurar na parada das 100 canções mais populares da semana da revista “Rolling Stone”.

A MJ Beats destacou que “Thriller” teve quase 1.500 visualizações no YouTube no dia 31/10 e soma mais de 701 milhões de visualizações no total. Já “Ghosts”, teve mais de 2 milhões de visualizações, entre 29/10 e 1/11, numa ação especial do espólio, que liberou pela primeira vez o curta-metragem em alta-definição para os fãs.

Fontes: Terra e MJ Beats.