O icônico álbum “Thriller” completa 38 anos

”Thriller” foi lançado em 30 de novembro de 1982.

O disco mais vendido da história, com mais de 110 milhões de cópias, completa hoje 38 anos de lançamento e se estabeleceu como uma obra-prima da música popular, aclamado por crítica e público. No Brasil, foi lançado alguns dias depois, em 3 de dezembro.

Inovador, o álbum mesclou vários gêneros musicais, quebrou barreiras raciais (rádio e TV), e através da extraordinária visão e criatividade de Michael, apresentou pela primeira vez videoclipes como verdadeiros curta-metragens: associando definitivamente, a imagem e as suas coreografias à música.

“Thriller” tem apenas 9 canções, porém teve incríveis 7 singles de sucesso (4 composições próprias): “The Girl is Mine” (dueto con Paul McCartney), “Billie Jean”, “Beat It” (com Eddie Van Halen), “Thriller”, “Human Nature”, “P.Y.T.” e “Wanna Be Startin’ Somethin’”.

Em 1983, ao participar do especial de TV “Motown 25”, executou pela primeira vez o passe de dança “Moonwalk” durante a apresentação de “Billie Jean”. O revolucionário movimento de dança consiste numa ilusão de ótica, onde o dançarino parece flutuar numa caminhada para traz.

Em 1984, o astro bateu o recorde do Grammy Awards, ao vencer em 8 categorias, incluindo álbum e música do ano.

Relembre “Thriller” no Spotify:

29 anos do álbum “Dangerous”

O álbum “Dangerous” foi lançado em 26 de novembro de 1991.

Há 29 anos Michael Jackson lançava o seu oitavo álbum solo, “Dangerous”, um grande sucesso comercial que já ultrapassou a marca de 50 milhões de cópias mundialmente.

O seu primeiro single, “Black or White”, trouxe a maior estrela dos anos 80 novamente para primeira posição das paradas e gerou um grande impacto mundial. Além da temática da música, que foi uma resposta aos questionamentos da cor de sua pele (Michael tinha vitiligo e ainda não tinha revelado) e uma mensagem contra o preconceito, o seu revolucionário videoclipe estreiou o “morphing” (uma tecnologia inédita de computação gráfica) e teve audiência estimada de 500 milhões de pessoas no lançamento. No Brasil estreiou no programa dominical “Fantástico” da Rede Globo.

O álbum ainda teve outros singles de sucesso, como: “Remember The Time”, “In The Closet”, “Jam”, “Give In To Me” (com Slash), “Will You Be There” (tema do filme “FreeWilly”) e o hino “Heal The World”.

A “Dangerous World Tour” (de 1992 a 1993) teve todos os rendimentos doados para a instituição de caridade “Heal the World Foundation” criada pelo próprio Rei do Pop para ajudar crianças pobres ou doentes.

Relembre o álbum “Dangerous” no Spotify: